Qualificação de fornecedores

1. Certificação de fornecedores

Sistema de gestão da qualidade

A WIKA deseja que seus fornecedores sejam certificados ISO ou no mínimo possuam um sistema efetivo de gestão da qualidade que atendam aos requisitos da Norma ISO 9001.
Para fornecedores que fornecem produtos para a indústria automotiva, os requisitos exigidos são conforme Norma ISO/TS 16949. A apresentação do certificado atualizado e recente de um órgão de certificação é normalmente exigida. O fornecedor deve informar quaisquer alterações no status de sua certificação ao setor de aquisição da WIKA.

Sistema de gestão do meio ambiente

Assim como a WIKA, os seus fornecedores também devem ser certificados conforme EMAS ou ISO 14001, ou, no mínimo apresentar um documento sobre melhorias frequentes na área de meio ambiente. O fornecedor deve comprometer-se a observar os limites legais durante a produção das peças e em relação aos materiais utilizados no processo de fabricação. Manter-nos informados acerca das atualizações e status da referida certificação. 

2. Autoavaliação

Fornecedores novos serão sempre avaliados a partir de um formulário padrão de autoavaliação. Este formulário contém perguntas gerais como, por exemplo: o porte da empresa / estrutura / forma jurídica / tecnologia / recursos / sistema de gestão da qualidade, etc. A equipe de homologação dos fornecedores consiste do Lead Buyer (Comprador), SQE (Supplier Quality Engineer / Engenheiro da Qualidade de Fornecedores) assim como SLE (Supplier Lead Engineer / Assistência Técnica) decidem sobre outros procedimentos necessários.

3. Pré-auditoria e auditoria de processo

Antes de efetuar um pedido de compra, a WIKA realiza uma pré-auditoria para avaliar o potencial do fornecedor. O objetivo desta pré-auditoria é verificar a capacidade do novo fornecedor para cumprir os requisitos WIKA. Quando a auditoria estiver concluída, o fornecedor será informado dos resultados em 07 dias úteis. Se os resultados da auditoria requerem ações de melhorias, o fornecedor deve elaborar um plano de ações e enviá-lo ao auditor da WIKA em prazo determinado. Todas as questões em aberto que resultam da pré-auditoria podem ser esclarecidas durante a auditoria de processo. A pré-auditoria é realizada pela equipe de homologação constituída pelo IPO (comprador responsável para a área em questão) e suporte da qualidade ou subsidiária WIKA. Geralmente isto depende do local de produção do fornecedor.

Para a aprovação final de processo, uma auditoria de processo será conduzida durante a produção do primeiro lote. A auditoria de processo é conduzida pelo Supplier Quality Engineer (engenheiro da qualidade de fornecedores) da equipe de homologação. Com uma auditoria de processo, a WIKA requererá melhorias. Uma auditoria de follow-up também é possível.

As auditorias incluem os itens 1 - 4 do questionário conforme VDA 6.3. Os resultados de ambos, pré-auditoria e auditoria de processo são avaliados conforme VDA 6.1 (veja a seguir).

4. Avaliação e aprovação

Um grau de conformidade (em porcentagem) é determinado na base das avaliações específicas. O fornecedor pode ser avaliado da seguinte forma:

  • >= 90 pontos percentagem          -> classificação A
  • >= 80 < 90 pontos percentagem  -> classificação B
  • < 80 pontos percentagem            -> classificação C 

5. Declaração de viabilidade

A avaliação de viabilidade é feita para avaliar, se um item pode ser produzido conforme os requisitos (desenhos / especificações) nas condições de produção em série. O fornecedor é responsável pela avaliação de viabilidade, pois se oferece a chance de contribuir com o conhecimento e fazer propostas para o benefício de ambos os lados. O ideal é que isso deva ser feito em cooperação com o departamento de compras para projetos ou da engenharia da WIKA. Tolerâncias devem ser observadas sob aspectos estatísticos assim como o funcionamento e exigência do produto. Além disso, uma declaração deve ser feita se a capacidade do fornecedor é suficiente para o fornecimento das quantidades planejadas e se as datas de entregas podem ser cumpridas.

Métodos que podem ser usados para a avaliação de viabilidade são, por exemplo:

  • Design of Experiments (DoE)
  • Análise do modo e efeito de falha (FMEA)
  • Análise da capacidade de processo (SPC)
  • Diagrama de causa e efeito / diagrama de Ishikawa

6. Desenvolvimento de fornecedores

O desenvolvimento de fornecedores da WIKA oferece a possibilidade de avançar com sistemas da gestão de qualidade existentes para requisitos da norma ISO/TS 16949. A WIKA estará satisfeita ajudando os seus fornecedores com informações, conhecimento e experiência. Isso pode ser feito, por exemplo, numa avaliação frequente de fornecedor, uma definição clara de documentos e procedimentos necessários para a inspeção de produtos, treinamentos para utilizar ferramentas específicas da WIKA e ferramentas gerais da qualidade (por exemplo, FAI, 8D, Ishikawa, 5 Why), conclusão de um acordo da qualidade (QAA), definição de metas claras (por exemplo, ppm, confiabilidade de entregas). A WIKA reserva-se no direito de fazer auditorias de sistema, processo e/ou produto, para verificar em campo se o sistema de gestão da qualidade é efetivo. Além disso, o fornecedor é responsável pelo desenvolvimento de seus próprios fornecedores.

Contato

Você tem perguntas? Contate-nos!