Medição contínua com boia

Quais são os benefícios de uma medição de nível de alta precisão?

  • Princípio simples e efetivo de medição e controle que permite uma ampla gama de aplicações
  • Medição contínua do nível, independente das alterações físicas ou químicas do líquido, como por exemplo formação de espuma, condutividade, constante dielétrica, pressão, vácuo, temperatura, vapor, condensação, formação de bolhas, efeitos de ebulição e mudança de densidade (dentro da faixa especificada na folha de dados ou pela WIKA)
  • Transmissão de sinais de longa distância
  • Fácil instalação, calibração única (não requer ajustes ou aferições posteriores)
  • Medição de interface e nível absoluto a partir de densidade diferencial ≥ 50 kg/ m³
  • Versão à prova de explosão
  • Segurança funcional IEC 61508/IEC 61511, SIL-2
  • Sinal de saída: 4 … 20 mA, HART®
  • Exatidão da medição ≤ 1 mm
  • Indicação proporcional ao nível ou à interface
  • Em combinação com chaves de nível, configurações são possíveis em toda a faixa de medição
  • Alta exatidão e repetibilidade de valores
  • Versões com cabo ou com plug

Quais são os benefícios de um sensor de nível?

  • Princípio simples e efetivo de medição e controle que permite uma ampla gama de aplicações
  • Medição contínua do nível, independente das alterações físicas ou químicas do líquido, como por exemplo formação de espuma, condutividade, constante dielétrica, pressão, vácuo, temperatura, vapor, condensação, formação de bolhas, efeitos de ebulição e mudança de densidade
  • Transmissão de sinais de longa distância
  • Fácil instalação, calibração única (não requer ajustes ou calibrações posteriores)
  • Medição de interface e nível absoluto a partir de densidade diferencial ≥ 50 kg/ m³
  • Versão à prova de explosão
  • Sinal de saída 4 ... 20 mA, HART®, PROFIBUS® PA, FOUNDATION™ Fieldbus
  • Resolução ≥ 5 mm (cadeia Reed)
  • Indicação proporcional ao nível ou à interface
  • Em combinação com chaves de nível, configurações são possíveis em toda a faixa de medição
  • Alta exatidão e repetibilidade de valores
  • Versões com cabo ou com plug

Para o que é utilizado um sensor de nível magnetorrestritivo?

Sensores magnetorresistivos de nível são utilizados para a transmissão contínuo e monitoramento de níveis do fluído. São baseados na posição de um flutuador magnético dentro de um tubo guia, conforme o princípio magnetorrestritivo (Efeito Wiedermann).

Como funciona um sensor de nível tipo Reed Chain (cadeia Reed)?

Os sensores de nível funcionam através do princípio de flutuador magnético. O sistema de imã do flutuador atua na cadeia de resistências reed, a qual corresponde ao um circuito de um potenciômetro com 3 fios.

Como funciona o sistema magnético embutido?

Uma boia com um sistema magnético embutido move-se de acordo com a variação do nível do fluído dentro de um tubo de guia. Podemos ter um ou mais contatos magnéticos (chaves) instalados no tubo, além de roletes coloridos. O campo magnético do flutuador atua nos contatos em pontos pré-definidos e assim permite o monitoramento de nível. Esse princípio simples, experimentado e acreditado, permite uma ampla gama de aplicações.